Archive for the ‘ Porto Alegre ’ Category

Promotoria apura corte irregular de árvore

Hoje recebi um e-mail, por ordem do Promotor de Justiça Dr. Alexandre Sikinowski Saltz, da Promotoria de Justiça de Defesa do Meio Ambiente do RS, informando que a extração de uma árvore que havia na Avenida Azenha, em Porto Alegre, está sendo apurada. O expediente é o RD n.°34/2011.

Detalhe do corte inicial

Detalhe do corte inicial

O fato foi denunciado neste blog, no post “Cadê a árvore que estava aqui?” do dia 22 de julho.

O caso continuará sendo acompanhado.

Anúncios

Protesto contra Belo Monte

Fotos dos protestos contra a construção da Usina de Belo Monte e as alterações do Código Florestal Brasileiro que aconteceram nesse sábado, 20, em Porto Alegre.

Cadê a árvore que estava aqui?

Por etapas, a maior árvore da Avenida Azenha foi cortada.

No terreno da Avenida Azenha, esquina com a Rua Recife, em Porto Alegre, onde antes funcionava uma floricultura, havia uma árvore da espécie Tipuana tipu, de aproximadamente 12 metros de altura. Era a maior árvore da avenida. Ontem ela não estava mais lá.

Desde o início desse ano, o vegetal começou a ser podado de forma gradual e sem autorização, ou seja, era evidente a intenção de matá-lo, contrariando as leis municipais, que indicam a necessidade de haver a liberação do órgão ambiental competente para tal fim.

Segundo um funcionário da zonal centro da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, o local foi vistoriado após denúncia relatando os primeiros cortes na árvore. Foi aberto um processo que está em andamento na secretaria e, conforme instruções do técnico que vistoriou a área, o responsável pelo terreno deverá ser autuado.  O valor da multa pode ser de aproximadamente 200 UFM (Unidade Financeira Municipal), que resultará em um total de 520 reais. Ainda é possível que a cobrança seja revertida em doação de algumas mudas de árvores.

Com essa lei ambiental extremamente branda, o mercado imobiliário não pensará duas vezes sempre que for necessário cortar árvores para construir prédios. O valor que vier a ser aplicado de multa será irrisório diante dos investimentos e dos lucros almejados com o empreendimento que ali for instalado.

Embora Porto Alegre tenha aproximadamente um milhão e trezentas mil árvores, segundo estimativa da prefeitura, a média anual de duas mil e trezentas remoções é bastante grande para uma cidade que orgulha-se em ser a segunda mais arborizada do Brasil. A outra informação, fornecida pela assessoria de comunicação da secretaria, é que são plantadas anualmente uma média de dez mil árvores na cidade. No entanto, cabe ressaltar que muitas não chegam a ficar adultas, devido a vários fatores como falta de cuidados, rega e vandalismo, por exemplo.

As três fotos acima foram feitas em um mesmo dia em apenas uma rua do bairro Menino Deus.