@freibetto tuíta sobre ligação de Bush e Bin Laden


Usando uma técnica especial de neojornalismo, capturei (ctrl c, Ctrl v) uma história que Frei Betto (@freibetto) narrou a conta-gotas, ou melhor, com frases de até 140 caracteres no twitter, sobre a ligação da família Bush com a família de Osama Bin Laden. Reproduzo aqui, em ordem inversa das inserções originais para facilitar a sequência de leitura.  As quebras de parágrafo respeitam o formato original das postagens no twitter, escritas agora a pouco (03.05.2011, por volta das 18h).

Obs. Espero que ele (@freibetto) não se importe com essa reprodução “não-autorizada” aqui no neojornalismo.

A história foi contata hoje, 03, mas, vou começar por aqui com a última pergunta que ele postou ontem, 02.

Desde quando a CIA cumpre rituais muçulmanos???

INÍCIO 03.06.2011, aproximadamente 17h30

Suponho que a CIA mantém Bin Laden vivo, sob tortura, para denunciar toda a sua rede terrorista. Ele, vivo, vale mais que morto.

Depois que Bin Laden falar ou se calar sob tortura, aí sim, virá a “solução argentina”: o corpo no mar.

Uma pausa para a propaganda:

Zé, meu livro sobre ECOLOGIA E ESPIRITUALIDADE, com o monge Marcelo Barros, foi editado pela Agir. Compra: www.tecacarvalho@uol.com.br

Segue:

George Bush pai, nos anos 60, tornou-se amigo de um empreiteiro árabe que viajava com freqüência ao Texas.(segue)

Introduziu-o na sociedade local: Muhammad Bin Laden.Em 68, ao sobrevoar poços de petróleo de Bush, ele morreu em acidente aéreo no Texas.

George Bush não pranteou a morte do amigo. Andava mais preocupado com as dificuldades escolares de seu filho George W. Bush, mau aluno.

A guerra do Vietnã acirrou-se. Para evitar a convocação do filho, George tratou de alistá-lo na força aérea da Guarda Nacional.

A bebida, entretanto, impediu que George W. Bush se tornasse um bom piloto.

Papai George incentivou-o, então, a fundar, em meados dos anos 70, sua própria empresa petrolífera, a Arbusto (bush, em inglês) Energy.

Gracas a contatos internacionais que o pai mantinha desde os tempos em q dirigiu a CIA, George filho buscou investimentos com 2 árabes:

Gracas a contatos internacionais que o pai mantinha desde os tempos em q dirigiu a CIA, George filho buscou investimentos com 2 árabes:

Khaled Bin Mafouz e Salem Bin Laden, o mais velho dos 52 filhos gerados pelo falecido Muhammad.

Mafouz, banqueiro da família real saudita e casou com uma irmã de Salem.

Tais vínculos familiares permitiram q Mafouz se tornasse o presidente da Blessed Relief, a ONG árabe na qual trabalhava 1 irmão de Salem

Osama Bin Laden.

A Arbusto pediu concordata e renasceu com o nome de Bush Exploration

Tais mudanças foram suficientes para impedir que a bancarrota ameaçasse o jovem George W. Bush.

Salem Bin Laden, fiel aos laços de família, veio em socorro do amigo, comprando US$ 600 mil em ações da Herken Energy

E firmou um contrato de importação de petróleo no valor de US$ 120 mil anuais.

logo Bush filho embolsou US$ 1 milhão e obteve um contrato com o emirado de Bahrein, que deixou a Esso morrendo de inveja.

Em dezembro de 1979, George H. Bush viajou a Paris para um encontro entre republicanos e partidários moderados de Khomeini,

no qual trataram da libertação dos 64 reféns estadunidenses seqüestrados, em novembro, na embaixada dos EUA, em Teerã.

Buscava-se evitar que o presidente Jimmy Carter se valesse do episódio, a ponto de prejudicar as pretensões presidenciais de Ronald Reagan.

Papai George fez o percurso até a capital francesa a bordo do jatinho de Salem Bin Laden, que lhe facilitava o contato com o mundo islâmico.

(Em 1988, Salem faleceu, como o pai, num desastre de avião).

Naquele mesmo ano, os soviéticos invadiram o Afeganistão.

Papai George, que coordenava operações da CIA, recorreu a Osama, um dos irmãos de Salem,

que aceitou infiltrar-se no Afeganistão para, monitorado pela CIA, fortalecer a resistência afegã contra os invasores comunistas.

Estes dados são do analista italiano Francesco Piccioni. Mais detalhes no livro

A fortunate son: George W. Bush and the making of na American President, de Steve Hatfield.

Após a morte do pai em 1968, em desastre de avião sobre os campos de petróleo da família Bush, no Texas,

Osama, então com 11 anos, ficou sob a tutela do príncipe Turki al-Faisal al-Saud, que dirigiu os serviços de inteligência saudita.

Em 1979, a pedido de George Bush pai, então diretor da CIA, o tutor incumbiu Osama, já com 23 anos, de transferir-se para o Afeganistão

e administrar os recursos financeiros destinados às operações secretas da agência contra a invasão soviética àquele país.

Preocupado com a ofensiva de Moscou, o governo dos EUA liberou a + alta soma q a CIA recebeu para atuar em um só país: US$ 2 bilhões.

Em 1994, qdo já se tornara o inimigo público número 1 dos EUA e perdera a nacionalidade saudita, Osama Bin Laden herdou US$300 milhões.

Em 1994, qdo já se tornara o inimigo público número 1 dos EUA e perdera a nacionalidade saudita, Osama Bin Laden herdou US$300 milhões.

que controla imobiliárias, construtoras, editoras e empresas de telecomunicações. Presidida por Bakr Bin Laden, irmão de Osama,

Qdo o presidente George W. Bush, após 11 do 9, enquadrou, como crime anexo ao terrorismo

o “aproveitamento ilícito de informações privilegiadas”, sabia do q falava.

Tudo indica que, graças a essas informações, Osama Bin Laden montou a sua rede terrorista mundo afora,

Informações que podem ter vindo dos Bush, graças a vínculos entre as duas famílias.

Talvez Freud pudesse explicar um detalhe das armas escolhidas pelos terroristas de 11 de setembro: aviões.

O pai e o irmão mais velho de Osama Bin Laden morreram em acidentes aéreos, ambos nos EUA. FIM

 

Obs. Ontem também tuitei que tenho a desconfiança que o Bin Laden esteja vivo ou que já tenha morrido há muito tempo. 

Meus tuítes: Heverton Lacerda @hevertonlacerda

É possível que Bin Laden esteja vivo ou até já tenha morrido há muito tempo sem os EUA saber. O fato é q Obama está tirando proveito disso.

Sei lá, acho q tem mentira grossa nesse caso do Bin Laden. Nem vídeo, nem foto??? Tá muito estranho.

Rumores, via @donatipasko , de que Bin Ladem morreu há tempos por complicação pulmonar não tratada http://fon.gs/mpophk/
Anúncios
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: